Governo da Bahia é obrigado a promover policial a coronel após ameaça de intervenção federal

Nesta quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019, conforme publicação no Diário Oficial do Estado da Bahia, o governador Rui Costa (PT) foi obrigado a promover, pelo critério de merecimento, ao posto de coronel do Quadro de Oficiais Policiais Militares (QOPM), o tenente coronel Arik Bispo dos Santos.

O chefe do Executivo baiano cumpriu a decisão judicial, transitada em julgado, que tramitou no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). O desembargador Baltazar Saraiva pediu intervenção federal no Estado diante do descumprimento reiterado da decisão judicial.

O desembargador remeteu a ação para a Procuradoria de Justiça para que se manifeste sobre a possibilidade ou não da intervenção. No despacho, Baltazar afirma que a Constituição Federal, no artigo 34, permite a intervenção da União no estado membro para prover a execução de lei federal, ordem ou decisão judicial.

Fonte: Bahia Notícias.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s