Coca-Cola ameaça deixar o Brasil

A Coca-Cola pode interromper a produção de refrigerante na Zona Franca de Manaus se Michel Temer não baixar medida devolvendo ao setor os benefícios que antes existiam. O presidente retirou os benefícios por conta da paralisação dos caminhoneiros.

coca_cola-1498349-960x454

A Abir (Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes) levou o problema até o presidente Michel Temer no mês de junho deste ano. A Abir representa 59 fabricantes de refrigerantes, entre elas a Ambev, a Pepsi e a Coca-Cola. Todas elas ameaçam cortar 15 mil empregos diretos por conta de uma previsão de retração de cerca de R$ 6 bilhões por ano.

A Coca-Cola pode trocar o Brasil por um país com incentivos ficais, como a Colômbia, por exemplo, caso a situação não seja resolvida. Sem a fábrica da empresa no Brasil, os envasadores teriam que importar a bebida e haveria um aumento de 8% no preço para o consumidor

Fonte: Varela Notícias.


Um comentário sobre “Coca-Cola ameaça deixar o Brasil

  1. Bem não vou sentir falta, já troquei a Coca-Cola pelas frutas e para visitas os refrigerantes baianos. Tira emprego lá e cria aqui, neste caso perdem um mercado de duzentos e dez milhões de pessoas. EUA X BRASIL.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s