Mulher é presa após morder e cometer ato racista contra PMs em Salvador

Na manha desta sexta-feira, 17 de agosto de 2018, uma mulher foi presa após tentar evitar a captura do seu marido no bairro de Fazenda Coutos III, em Salvador. Jamile Guimarães dos Santos teria mordido e cometido ato racista contra policiais que realizavam a prisão.

750_mulher-presa-salvador_2018817151153557

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), as equipes da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Paripe) realizavam patrulha na comunidade quando avistaram um grupo de homens comercializando drogas. Ao ver os policiais se aproximando, os suspeitos correram, mas Lucas Araújo da Silva, 27 anos, foi alcançado pelos militares. O suspeito de tráfico possuía, no momento da captura, 25 tabletes de maconha, 15 pedras de crack e outros materiais.

Enquanto os PMs levavam Lucas até o fundo da viatura, Jamile atacou os policiais com xingamentos racistas e mordeu a mão de um deles. A mulher também foi presa com o companheiro na 5ª Delegacia Territorial (DT/Periperi).

O PM foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Periperi, onde foi medicado e liberado.

Fonte: A Tarde.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s