Peço que orem por mim e pelo governo, diz Temer a fiéis da Assembleia de Deus

Na última quinta-feira, 31 de maio de 2018, Dia de Corpus Christi, a uma plateia de fiéis da Assembleia de Deus expressamente orientada a não vaiá-lo, o presidente Michel Temer pediu que a igreja orasse por ele e pelo governo, disse que consulta frequentemente a Bíblia em busca de caminho para os “dias difíceis” da Presidência e afirmou que a paralisação de caminhoneiros está se encerrando “graças a Deus”.

Antes da chegada de Temer, o bispo que comandava os trabalhos falou do momento difícil que o país vive e orientou os fiéis a não hostilizar o presidente. Afirmou ainda que, apesar de o visitante ser presidente, ele estava na “casa do rei”.

Já diante de Temer, o bispo Manoel Ferreira, presidente vitalício da Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil – Ministério de Madureira, pediu para que os fiéis recebessem o presidente com uma “calorosa salva de palmas”. “Aqui o senhor pode falar porque só vai ser aplaudido”, disse Ferreira, justificando que “acima dele [Temer] aqui só tem Deus e a nação, que é o povo”.

Aos fiéis, Temer disse ter sobre sua mesa uma Constituição e uma Bíblia. “Nos poucos momentos que eu tenho livre na minha sala, eu abro um pouco a Constituição, quando tenho dúvida de natureza organizativa, mas abro frequentemente a Bíblia. Aliás, deixo aberta. Mas, de vez em quando, folheio porque dizem ‘quando você tiver uma dificuldade, veja na Bíblia que você terá um caminho’. E não foram poucas as vezes que eu abri a Bíblia, assim, sem nenhuma intenção a não ser aquela do tipo ‘Deus, me dê um caminho’. Quando abria numa folha qualquer, numa página qualquer, eu lia um salmo, um provérbio, o que fosse, e lá eu encontrava o caminho para aquele dia”, disse Temer, completando que “os dias na Presidência não são dias fáceis. Especialmente no momento em que o país perdeu um pouco a noção da cerimônia, da solenidade, da liturgia, do respeito, da educação, que é uma coisa importantíssima”.

Aproveitando estar num templo, pediu uma oração para ele. “Sei que fazem isso por mim, mas peço que orem por mim e orem pelo governo. Orando por mim e pelo governo, estarão orando pelo país”, disse o presidente.

Fonte: Notícias do Dia.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s