Pode faltar cerveja por conta da greve dos caminhoneiros

Nesta terça-feira, 29 de maio de 2018, a greve dos caminhoneiros chegou ao nono dia e está afetando vários setores da economia. E mais uma notícia, nada agradável, agora preocupa os amantes da cerveja: a bebida pode começar a faltar nos mercados e bares do Brasil.

Greve-dos-Caminhoneiros-vs-Combustíveis

Duas das maiores cervejarias em operação no Brasil, dizem passar por dificuldades na logística do transporte do produto na última semana. De acordo com o UOL, a Heineken Brasil confirmou que suas operações foram afetadas por causa da paralisação dos caminhoneiros.

A filial da gigante holandesa é hoje a segunda maior player do mercado cervejeiro do país, dona de marcas como Amstel, Sol, Kaiser e Schin, Eisenbahn e Devassa, adquiridas no ano passado com a compra da Brasil Kirin. “A companhia informa que está trabalhando para minimizar os impactos da greve para seus fornecedores e clientes e, assim, evitar o impacto no fluxo de seus negócios”, declarou a empresa, por meio de nota.

A Ambev, principal player do mercado e dona da Brahma, da Antarctica e da Skol, e o Grupo Petrópolis, número três e produtor da Itaipava, não quiseram comentar.

Fonte: Varela Notícias.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s