Três homens são presos na Bahia após roubo de caminhão com carga avaliada em R$ 80 mil

Na última terça-feira, 30 de janeiro de 2018, três homens foram presos após roubarem um caminhão carregado com bebidas nas imediações da cidade de Planaltina. A carga de uísques e conhaques estava avaliada em R$ 80 mil.

Segundo a polícia, foram presos Tiago Tauan Santos Rodrigues, morador do distrito de Humildes, Rogério da Silva Oliveira, que já foi preso com uma pistola .40 e um bloqueador de sinal de rastreamento em Brumado, e Railan de Jesus Rezende, que tem várias passagens por receptação em Conceição do Jacuípe.

138817-3

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Repreensão a Furtos e Roubos de Cargas (Decarga) de Feira de Santana, após roubar o caminhão, os acusados mantiveram o motorista, identificado como José Rivaldo Barbosa Ferreira, e a esposa dele, que estava na boleia do veículo, em cárcere privado, até que o caminhão chegasse ao seu destino.

“Por volta do meio-dia, as vítimas conseguiram fugir por dentro do mato e, às 15h, o motorista conseguiu contato com o rastreamento do sinal veículo. Ele conseguiu acionar a polícia e por volta das 19h a Peto Santo Amaro juntamente com a Polícia Militar de Amélia Rodrigues conseguiu interceptar o caminhão, que estava sendo conduzido apenas pelo Tiago. Ele negou o crime e disse que dirigia a pedido de um amigo, mas depois acabou entregando os outros dois comparsas, que estavam em Amélia Rodrigues aguardando para descarregar o caminhão”, informou o delegado.

A prisão de Tiago ocorreu na BR-324 sentido Salvador. E em Amélia Rodrigues, foram presos Rogério e Railan, que aguardavam o comparsa a bordo de um Palio vermelho, utilizado como apoio. Os policiais, então, se deslocaram com os suspeitos para o bairro Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana, onde a carga estava escondida em um galpão alugado em nome de uma mulher, mãe do comerciante Wildem Félix Costa, o qual tem um mercadinho próximo à Câmara de Vereadores do município.

“A carga foi encontrada em um depósito alugado e o contrato estava em nome da mãe de Wildem. Ela compareceu à delegacia e disse que o filho é quem movimenta o depósito, pois é comerciante. O advogado dele entrou em contato e o apresentou na delegacia, e Wildem disse que apenas emprestou o local a um amigo, mas nós não acreditamos. Os outros três indivíduos confirmaram que Wildem estava presente no local e ele é o dono da carga”, informou.

138814-3

Ainda conforme Gustavo Coutinho, Wildem Félix será indiciado pelo crime de receptação qualificada, porque comprou a carga para revender. No galpão, também foram encontrados sacos de macarrão e açúcar, além de diversas caixas de bebidas de marcas variadas. Os outros três suspeitos foram encaminhados para a sede da Decarga, no Complexo Policial do bairro Sobradinho e serão indiciados pelos crimes de roubo qualificado, corrupção de agentes, uso de arma e cárcere privado.

A operação de busca e apreensão dos envolvidos foi realizada por policiais da Peto Santo Amaro, a Polícia Militar de Amélia Rodrigues, com o apoio da Delegacia de Repreensão a Furtos e Roubos de Cargas (Decarga) de Feira de Santana.

Fonte: Acorda Cidade.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s